Após analisar exemplos de pedras coletadas pela sonda Curiosity, a NASA fez uma descoberta animadora: as condições da recém-descoberta parte cinza (em vez da vermelha) de Marte mostram que a área “um dia foi favorável para a vida”. É um avanço incrível.

Novas amostras que foram encontradas e contém nitrogênio, enxofre, oxigênio, hidrogênio, fósforo e carbono. A Curiosity retirou de um novo sítio, algumas centenas de quilômetros de distância de onde ela tinha perfurado no ano passado, e os elementos encontrados eram alguns dos blocos fundamentais para a vida.

A relação nerd de que isso pode significar que vida já existiu em Marte é complicada, mas há uma versão simplificada: a amostra que a NASA analisou contém minerais de argila. Esses minerais podem ter sido criados por água fresca (eles foram coletados de um leito de rio) reagindo a rocha vulcânica também encontrada na amostra. Os minerais resultantes são uma mistura de oxidados, meio oxidados e não oxidados. Isso sugere, segundo o pesquisador Paul Mahaffy, que eles podem ter sido “uma possível fonte de energia química para micro-organismos”.

Então condições propícias para a vida parecem estar relacionadas aos sedimentos parcialmente oxidados desta antiga “Marte cinza”. Na verdade, o simples ato de sustentar vida pode ter mudado a cor das pedras marcianas de vermelho para cinza. Isso é fascinante. Mais investigações podem mostrar ainda mais informações sobre as condições habitáveis:

Cientistas planejam trabalhar com a Curiosity na área conhecida como “Yellowknife Bay” por mais algumas semanas antes de começar a grande jornada para o centro da cratera Gale, o Monte Sharp. Investigar a pilha de camadas expostas no Monte Sharp, onde minerais de argila e minerais de sulfato foram identificados da órbita, podem adicionar informações sobre a duração e diversidade das condições habitáveis.

E olha, vida microbiótica não é tão legal como marcianos de quadrinhos. Mas quer saber? Isso é animador de qualquer jeito. O universo é infinito, e a ciência está nos dizendo que encontrou condições que já foram favoráveis à vida NO NOSSO VIZINHO? Isso é incrível.

Fonte: NASA

Anúncios