Mais de 400 pessoas ficaram feridas nesta sexta-feira devido à queda de um meteorito na região de Tcheliabinsk, nos montes Urais, segundo os últimos dados atualizados do Ministério do Interior da Rússia.

size_590_METEORO

Pelo menos cinco pessoas foram hospitalizadas “com cortes profundos de vidro”, disse o chefe do Centro Nacional de Situações de Crise do Ministério de Emergências russo, Vladimir Stepánov. Os fragmentos do meteorito causaram danos pelo menos em seis cidades da região onde caiu o corpo astral. “A polícia realiza uma inspeção dos núcleos de população para determinar novos lugares afetados pela queda”, explicou o porta-voz de Interior. Acrescentou que patrulhas policiais vigiam os edifícios que tiveram danos e perderam portas e janelas de vidro. O meteorito caiu cerca de 80 quilômetros da cidade de Satka, no distrito de mesmo nome, por volta das 09h20 locais (01h20 de Brasília). A queda do corpo celeste foi acompanhada de forte explosões, segundo testemunhas citadas pela rádio “Eco” de Moscou, que em um primeiro momento acharam que um avião havia explodido durante o voo.

fonte: Exame