Astrônomos descobriram uma nova classe de estrelas muito frias – uma delas com apenas 25º C. Utilizando o telescópio WISE, da Nasa, os pesquisadores conseguiram localizar seis estrelas conhecidas como “anãs Y”, todas muito próximas da Terra – entre nove e 40 anos-luz de distância.

As chamadas “anãs Y” são os membros mais frios de outra categoria, as “anãs marrons”. As marrons são popularmente chamadas de “estrelas que falharam”, pois possuem muita pouca massa para fundir átomos e emanar calor como o Sol.

Ao contrário das estrelas comuns, que brilham por bilhões de anos, as anãs marrons esfriam e se tornam apagadas – por isso é tão difícil detectá-las na luz visível. Utilizando as lentes infravermelhas do WISE, os pesquisadores conseguiram encontrar 100 desses corpos – seis dos quais se encaixavam na nova categoria de “anãs Y”.

Uma delas, chamada WISE 1828+2650, é a mais fria estrela já encontrada: possui menos de 25º C.

Os astrônomos estudam essa classe de objetos para entender melhor como as estrelas se formaram e investigar a atmosfera de planetas fora do nosso sistema. Isso porque a atmosfera das anãs marrons é parecida à dos chamados gigantes gasoso, como Júpiter. Mas, ao contrário dos planetas gasosos que orbitam estrelas brilhantes, as anãs marrons estão bem longe desse brilho- portanto, são menos ofuscadas e é mais fácil estuda-las.

Anúncios