Há algo muito estranho ocorrendo em uma galáxia próxima chamada M82, um objeto desconhecido começou a enviar ondas de rádio, coisa que nunca foi presenciado em qualquer outro lugar do universo anteriormente. O descobridor do fenômeno, Tom Muxlow, do centro de Astrofísíca, Jodrell Bank, no Reino Unido, disse “Não saber do que se trata” e que foi descoberta por acaso, quando Muxlow e seus colegas estavam estudando uma explosão estelar próxima a M82 utilizando o telescópio Merlin, quando um ponto brilhante de emissões de rádio apareceu, não parece o tipo de emissão de rádio normalmente recebido de supernovas: elas normalmente ficam brilhantes durante poucas semanas e vão perdendo o brilho nos meses seguintes. A fonte não mudou de intensidade de brilho durante todo o ano e o espectro das ondas enviadas também é o mesmo.

Além de tudo o objeto está se movendo. E rápido. Cientistas estimam que sua velocidade seja de quatro vezes a velocidade da luz. Velocidades assim só foram registradas em materiais que saíam de buracos negros. Pode ser um buraco negro? Mas não está centralizado em M82, onde cientistas esperariam encontrar algo do tipo. Então só resta a possibilidade de um microquasar em pequena escala. Um microquasars é formados depois de explosões estelares, deixando para trás buracos negros com massa em cerca de 20 vezes a massa solar. Eles emitem ondas de rádio, mas nenhuma emissão capturada até hoje foi tão forte quando esta. Esse tipo de fenômeno, de acordo com a teoria dos cientistas, pode ser mais comum em M82 por ser uma galáxia onde as explosões estelares são tradicionais.

Anúncios